• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator

publicidadesitefacebook22.jpg
CURSO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM PSICANÁLISE CLÍNICA - NUMA PERSPECTIVA CRISTÃ
16-Fev-2013
    O CURSO LATO  SENSU DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICANALISE CLÍNICA, numa perspectiva cristã, ... Ler mais...
Entrevista Rabino Marcos Barreto TVI Sobre CONPAS, DIA DA COMUNIDADE EVANGÉLICA e MOTOCIATA
20-Set-2011
  Assista à entrevista do Rabino Marcos Barreto no Programa Opnião, TVI Pará de Minas dia 14/09/2011, como... Ler mais...
RABINO MARCOS BARRETO EM ISRAEL
10-Mar-2011
    O Rabino Marcos Barreto em Israel, foi uma viagem abençoada.Confiram as fotos! Ler mais...
Shavuot

Esta é uma grande festa bíblica, e segundo a palavra de D’us esta festa traz uma grande benção sobre todos aqueles que a celebram. Esta festa também é conhecida como a festa das colheitas ou ainda festa das primícias.
De  acordo com o preceito bíblico, todo o judeu devia apresentar-se no Beit Hamikdash (o Grande Templo de Jerusalém) para comemorar a festa, oferecer sacrifícios e oblações e alegrar-se diante de D-us com todo o Povo de Israel.

Esta festividade é conhecida pelos seguintes nomes:
Chag HaShavuot (Festa das semanas): recebe este nome pelo facto de se celebrar no final das sete semanas de Sefirat HaOmer, cuja conta começamos a partir da segunda noite de Pessach.
Esta festa é celebrada no qüinquagésimo dia após uma outra festa que é a Pesach. Justamente no dia de Sefirat Haômer. E devido esta contagem é também conhecida como a festa de Pentecoste (grego).
Uma festa agrícola conforme vemos nas escrituras, no mês de Sivan, termina a colheita dos cereais, quando é separado as primícias e as oferendas que foram produzidas pelo solo e debaixo da benção do Senhor.
Antes do dia 6 de Sivan não podia utilizar nenhum outro tipo de cereal, justamente nesta data se tornava o sacrifício efetivo. E então esta festa tornou conhecida também como Chag HaBicurím, ou seja, festa das primícias (festa das colheitas).
Nesta festa era uma peregrinação até Jerusalém onde havia uma alegria contagiante em todo o trajeto desta caminhada. Os camponeses enfeitavam seus cestos, suas oferendas, pois reconheciam a graça e a benção do Senhor em todas as plantações, e por isso estavam ali. Estes cestos eram enfeitados com muitas flores, e continham dentro destes cestos como oferenda ao Senhor: figos, uvas, romãs, cevada, trigo, azeitonas, mel.
Quando chegavam a cidade do grande Rei, eram recebidos de uma forma que todo ser humano deveria ser recebido ao chegar em suas igrejas, com cânticos de louvor e adoração ao Senhor. Não que as pessoas são tão importantes a ponto de serem reverencias de forma exagerada que deveriam ser recebidas com cânticos que exaltam os homens. Mas que estas pessoas deveriam ser recebidas com cânticos que louvem ao Senhor, pois todos que tem o coração a servir ao Senhor é alguém muito importante e deveria ser amado de forma muito especial. Estes cânticos alegravam o coração do ofertante e todos gostariam de trazer as suas ofertas. A cerimônia chegava ao seu âmago quando os cestos eram entregues aos sacerdotes e este encarregava de levar ao templo. Havia cânticos de hinos, toques de harpas e outros instrumentos.
Depois esta festa evoluiu para uma festa caseira com grande fartura de alimentos, sempre comemorando uma boa colheita.

Esta festa é uma festa muito importante para aqueles que crêem no único D’us, que é o Criador dos Céus e da terra. Pois foi nesta festa que o Senhor deu a torah para Israel e esta se espalhou por toda a terra. Ficando conhecida entre todas as nações do planeta.

Um outro fato muito importante para aquele que ama a palavra de D’us é que foi nesta festa que nasceu o salmista e pai da casa real “Davi”, e foi justamente nesta época que ele faleceu, ou seja em Shavuot.

O Rei Davi continuou o aprendizado da torah e também foi sucessor espiritual do profeta Shemuel. Estabeleceu uma adoração ao Criador durante 24 horas por dia. Ficou cercado de profetas e eruditos da poderosa palavra do Senhor. Levanta-se antes do nascer do sol para cantar salmos em louvor ao Senhor.

Muitas pessoas indagam porque o Senhor não entregou a torah imediatamente após a saída do Egito? Na verdade o Senhor trabalhou no meio do povo preparando para que eles pudessem então receber a torah. Havia então o tempo de limpeza que o Eterno queria trabalhar no meio do povo. Tirando a influência de tudo que eles receberam no tempo de escravidão, como a influência da religião, da cultura, dos costumes dentre outros.

Já depois da morte de Yeshua (Jesus) os discípulos estavam reunidos para comemorar esta festa como receberam ordem do próprio filho de D’us para que esperassem em Jerusalém. Na verdade só pode receber o Espírito Santo quem já passou pela Páscoa, que é libertação (passagem). Quem tem o Espírito Santo é liberto e só é liberto quem tem o Espírito Santo. Que é a presença do próprio D’us na vida dos discípulos do Mashiach, que aguardavam a promessa feita pelo profeta Joel.

Seguindo a orientação de Yeshua, os discípulos obedeceram e creram. Aqui estão alguns passos que eles obedeceram.
Ouviram a palavra do mestre.
Creram que era a mais pura verdade, pois o dono da verdade estava ali falando com eles.
Ficaram no local indicado e na cidade que era onde tinham o costume de estar nesta época.
Obedeceram a palavra de Yeshua (Jesus).
Exatamente no dia da festa estavam em comunhão, que é, comum união.
Estavam reunidos, ou seja, novamente unidos em só propósito.
Num lugar em comum entre eles, pois estavam acostumados de freqüentarem ali unidos.

O Espírito Santo repousou sobre os discípulos de Yeshua de uma maneira que todos que estavam naquela festa ficaram impressionados. O que na verdade não só mais um som, ou como alguns teólogos gostam de afirmar que foi um som baixinho. Foi um som a ponto de incomodar, ou chamar atenção da multidão.

O Espírito Santo está procurando pessoas que tenham um coração que deseja ser habitado por Ele, para ser seu porta voz nesta terra dos viventes.
Que tal você ser um destes candidatos.
Se você assim deseja, saiba que Ele já está operando em você, isso mesmo em você.
Ele tem alegria, felicidade, paz e muita benção pra você.        
Que o Eterno te abençoe.

No Mashiach,

Moré Marcos ben Shua.

   

 
< Anterior   Seguinte >
USUÁRIOS ONLINE
Jornal Kadosh: Notícias do Reino
 
 
 
 
 
 
 
 
 

CONTEÚDO EXCLUSIVO





Esqueceu a senha?